O que faz um Nutricionista?

Aproveitando o embalo do 31 de agosto, dia dedicado aos Nutricionistas e inspirada por esse texto aqui, do blog “Não sou exposição”, resolvi escrever esse texto, já que praticamente 99,9% das pessoas alimentam a falsa crença de que Nutricionista só prescreve dietas de emagrecimento e que obrigatoriamente tem de ser magras e/ou fitness e tem que ter tempo pra ler todos os artigos publicados a cada dia sobre todas as áreas da Nutrição, além de malhar pesado 7x na semana, manter conta no Facebook, Instagram, Snapchat, blog e sabe-se-lá mais o que, além de trabalhar, pagar as contas, cuidar da família, passear e até (acreditem!) DORMIR…hahahahaha. Tá pensando que é fácil? Vem comigo que vou te mostrar como é a vida real…

Eu até sugiro que antes de continuar a ler o meu post, que você leia primeiro o post que indiquei acima.

Mas como eu ia dizendo, a profissão foi regulamentada pela Lei 8234 de 17 de setembro de 1991, que diz o seguinte:

Art. 1º. A designação e o exercício da profissão de Nutricionista, profissional de saúde, em qualquer de suas áreas, são privativos dos portadores de diploma expedido por escolas de graduação em nutrição, oficiais ou reconhecidas, devidamente registrado no órgão competente do Ministério da Educação e regularmente inscrito no Conselho Regional de Nutricionistas da respectiva área de atuação profissional (ou seja, só quem fez a faculdade de Nutrição e está devidamente registrado no Conselho Regional é que pode atuar como Nutricionista. Apenas ter um blog ou uma conta em qualquer rede social, não basta…).

Essa mesma lei diz que:

Art. 3º. São Atividades privativas dos nutricionistas:

I – direção, coordenação e supervisão de cursos de graduação em nutrição;

II – planejamento, organização, direção, supervisão e avaliação de serviços de alimentação e nutrição;

III – planejamento, coordenação, supervisão e avaliação de estudos dietéticos;

IV – ensino das matérias profissionais dos cursos de graduação em nutrição;

V – ensino das disciplinas de nutrição e alimentação nos cursos de graduação da área de saúde e outras afins;

VI – auditoria, consultoria e assessoria em nutrição e dietética;

VII – assistência e educação nutricional a coletividades ou indivíduos, sadios ou enfermos, em instituições públicas e privadas e em consultório de nutrição e dietética;

VIII – assistência dietoterápica hospitalar, ambulatorial e a nível de consultórios de nutrição e dietética, prescrevendo, planejando, analisando, supervisionando e avaliando dietas para enfermos.

Traduzindo os itens VII e VIII: Dieta é com Nutricionista!!!

E ainda:

Art. 4º. Atribuem-se, também, aos nutricionistas as seguintes atividades, desde que relacionadas com alimentação e nutrição humanas:

I – elaboração de informes técnico-científicos;

II – gerenciamento de projetos de desenvolvimento de produtos alimentícios;

III – assistência e treinamento especializado em alimentação e nutrição;

IV – controle de qualidade de gêneros e produtos alimentícios; V – atuação em marketing na área de alimentação e nutrição;

VI – estudos e trabalhos experimentais em alimentação e nutrição;

VII – prescrição de suplementos nutricionais, necessários à complementação da dieta;

VIII – solicitação de exames laboratoriais necessários ao acompanhamento dietoterápico;

IX – participação em inspeções sanitárias relativas a alimentos;

X – análises relativas ao processamento de produtos alimentícios industrializados;

XI – participação em projetos de equipamentos e utensílios na área de alimentação e nutrição.

E onde o Nutricionista pode trabalhar, já que eu falei lá em cima que não é so no consultório? De acordo com a Resolução CFN 280/2005, o Nutricionista pode atuar nas seguintes áreas :

I. Alimentação Coletiva – atividades de alimentação e nutrição realizadas nas Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN), dentro de empresas, restaurantes comerciais e similares, hotelaria marítima (navios, plataformas), serviços de buffet e de alimentos congelados, comissarias (comida de avião) e cozinhas dos hospitais, creches, escolas e instituições para idosos.

Isso significa dizer, que o Nutricionista precisa elaborar cardápios que garantam energia e nutrientes para que os trabalhadores exerçam suas funções, no caso das empresas, para que os pacientes se recuperem (de acordo com a dieta prescrita pelo Nutricionista da clínica), por exemplo. Mas além dos cardápios, estes Nutricionistas precisam cuidar de todo o controle higiênico do preparo dos alimentos, da seleção, contratação, do treinamento e da supervisão dos funcionários que preparam as refeições, do controle dos custos e compra dos ingredientes, utensílios e equipamentos e no fim das contas, muitas vezes, acaba sendo mais administrador que Nutricionista.

II. Nutrição Clínica – atividades de alimentação e nutrição realizadas nos hospitais e clínicas, nas instituições de longa permanência para idosos, nos ambulatórios e consultórios, nos bancos de leite humano, nos lactários, nas centrais de terapia nutricional, nos Spa e quando em atendimento domiciliar;

Aqui é onde a maioria das pessoas está acostumada a ver o Nutricionista em ação, principalmente nos consultórios, onde boa parte nos procura querendo emagrecer, mas achar que é só isso que fazemos, sinceramente é extremamente limitador! Nos hospitais, avaliamos os pacientes internados e indicamos a dieta mais adequada a cada situação (lembrando que como as refeições dependem da cozinha e tem hora para serem preparadas e tudo precisa ser visto com antecedência, é praticamente impossível individualizar as dietas da forma como fazemos no consultório). Dentro dos hospitais cuidamos de pacientes com as mais diversas situações, que vão desde casos bem conhecidos como diabetes, até doenças renais, cirurgias de todo o tipo, alimentação por sonda (cateter). Eu mesma, durante muito tempo trabalhei em CTI, e a maioria dos meus pacientes não comia comida, pois se alimentava somente com dieta enteral, as tais que passam pelas sondas. E também fiz parte da Comissão de Curativos, onde minha função era acompanhar pacientes com graves feridas, que além de todos os cuidados médicos e de enfermagem, precisavam de dietas e suplementos especiais para acelerar a cicatrização e diminuir o risco de infecções. Nos bancos de leite e lactários, o trabalho é todo voltado para o controle de formulas infantis e leite materno doado, para distribui-los aos bebezinhos internados, que por algum motivo não estão podendo ser amamentados por suas mães. E mesmo nos consultórios, onde a maioria nos procura para emagrecer, temos muito mais a oferecer! Cuidamos de pacientes diabéticos, hipertensos, alérgicos, celíacos (até parece que eu não ia tocar nesse assunto! rsrsrsrs), pacientes em pós operatórios diversos, pacientes com doenças autoimunes, etc, etc, etc….. daria pra ficar até amanhã tentando preencher essa lista…

E antes que eu me esqueça! Nós tratamos também de desnutrição! Nós tentamos fazer com que várias pessoas ganhem peso e saiam do risco de morrer por falta de alimento / nutrientes! E quando conseguimos, principalmente quando o desnutrido é uma criança, o resultado é a coisa mais linda de se ver! É lindo ver uma criança desnutrida recuperar o brilho dos olhinhos e recuperar a energia pra brincar, correr e fazer bagunça! Como também é lindo ver um paciente que estava inconsciente, sendo alimentado por sonda, acordar e reclamar que está com fome!

III. Saúde Coletiva – atividades de alimentação e nutrição realizadas em políticas e programas institucionais, de atenção básica e de vigilância sanitária;

Aqui, meus colegas atuam em programas do governo, nas esferas municipais, estaduais e federais, em postos de saúde, e nas ações da vigilância Sanitária

IV. Docência – atividades de ensino, extensão, pesquisa e coordenação relacionadas à alimentação e à nutrição;

Aqui, a atuação pode ser nas universidades, nos cursos de graduação, especialização, mestrado, doutorado ou mesmo em cursos de extensão e de atualização. E ainda damos palestras em eventos científicos, damos formação online, etc. Ou seja, ensinamos e formamos outros nutricionistas e ainda podemos colaborar com a formação de outros profissionais de saúde! Também fazemos pesquisa, publicamos artigos, participamos de congressos, etc.

V. Indústria de Alimentos – atividades de desenvolvimento e produção de produtos relacionados à alimentação e à nutrição;

Geralmente trabalham na indústria de alimentos, desenvolvendo novos produtos e acompanhando sua produção.

VI. Nutrição em Esportes – atividades relacionadas à alimentação e à nutrição em academias, clubes esportivos e similares;

Essa é outra área que já é bem conhecida, com colegas atuando em academias/ consultórios, mas sem esquecer daqueles que merecem medalha de ouro, ao cuidarem dos nossos atletas!

VII. Marketing na área de Alimentação e Nutrição – atividades de marketing e publicidade científica relacionadas à alimentação e à nutrição.

São os Nutricionistas que nos visitam nos hospitais e consultórios, nos apresentando novos produtos, como suplementos e dietas enterais. 

Enfim, a lista de áreas de atuação é bem grande e a quantidade de coisas que podemos fazer é maior ainda! E pra tudo isso, precisamos estudar disciplinas como bioquímica, anatomia, fisiologia, microbiologia, legislação de alimentos, economia, sociologia, psicologia, patologia (pra entender como cada doença afeta o organismo), administração, estatística, entre tantas outras… ou alguém achou que era só aprender a calcular dieta? Sabe de nada, inocente! rsrsrsrsrs

E por que eu to falando tudo isso? Pra ver se ajuda a desconstruir a ideia de que SÓ trabalhamos com emagrecimento, pra desfazer o mito que Nutricionista TEM que ser magra / fitness (não desmerecendo os colegas que tem esse perfil, mas apenas informando que isso não é pré-requisito pra ser Nutricionista e nem é garantia de competência e atualização)  e que só comemos comida “fitness” ou alface. Aliás… to “garrando ódio” dessa história de comida fitness, com todo respeito a quem gosta… mas não leva a mal não, já bastam todas as minhas restrições alimentares (pra quem ainda não sabe, eu sou celíaca, tenho intolerância a lactose, alergia às proteínas do leite, à soja, ao amendoim, à pimenta vermelha e pimentão… afffff… a lista tá é grande!), então não vou ficar me privando de outras coisas que gosto e posso comer. Obviamente, que não sou louca de me encher de “porcarias”, mas que mal há, comer uma fatia de bolo sem glúten ou um pedaço de chocolate de vez em quando?

Sim, Nutricionistas comem, sentem fome e tem vontade de comer como qualquer mortal! E sinceramente, não tem coisa pior do termos gente vigiando nossos pratos e olhando com cara de reprovação quando comemos essas coisas.

E ainda, como qualquer mortal, podem ter dificuldade pra perder peso, até porque não é só o “olho maior que a barriga” que faz alguém engordar! Se fosse só isso, tava fácil e nós já teríamos acabado com a obesidade no mundo! Há muitos medicamentos, como corticóides (por exemplo), necessários ao tratamento de muitas doenças, que favorecem o ganho de peso, há disfunções hormonais, como o hipotireoismo, que favorecem o ganho de peso e dificultam a perda, entre tantas outras coisas, como trabalhar num local estressante, ter pouco tempo para dormir, etc, etc, etc, etc…. E ainda há simplesmente quem não esteja nem aí para padrões impostos e se preocupe apenas em estarem saudáveis,mas não magros. Mas felizmente há lugar pra todos que abraçaram a Ciência da Nutrição e se preocupam em trazer mais saúde e qualidade de vida às pessoas.

 

Anúncios

2 comentários sobre “O que faz um Nutricionista?

  1. Oi Juliana.

    Bom dia.

    Não te conheço pessoalmente, mas estou adorando as suas postagens.

    Concordo plenamente com você.

    Beijo.

    Maria Adi.

    ________________________________

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s