Duodenite Crônica Inespecífica

A Doença Celíaca, como já expliquei nesse post, nesse, nesse, nesse e nesse, é uma condição autoimune, na qual ocorre produção de auto-anticorpos e inflamação e atrofia da superfície absortiva intestinal. Para confirmar ou descartar o diagnóstico desca condição, é necessário fazer os testes sorológicos (dosagem das imunoglobulinas IgA total e IgA antitransglutaminase) e uma endoscopia com biópsia de duodeno, para avaliar o grau de comprometimento da mucosa. Entretanto, muitas pessoas apresentam sintomas relacionados a ingestão do glúten, mas ainda não apresentam atrofia da mucosa (seja porque a DC ainda está no início, seja porque possuem sensibilidade ao glúten não celiaca ou por outro motivo), ou justamente por saberem que o glúten é o causador dos seus sintomas, decidiram exclui-lo da alimentação antes de fazer os exames, o que invariavelmente acaba dificultando o diagnóstico.

Imagem obtida no Google - se souberem a autoria, por favor, me informem para que eu de os crétitos à mesma.
Imagem obtida no Google – se souberem a autoria, por favor, me informem para que eu de os crétitos à mesma.

Muita gente (lá no grupo Viva sem Glúten, do FB) pergunta sobre a “duodenite crônica inespecífica” que as vezes vem descrita no laudo da endoscopia. Vamos então tentar “traduzir” essa informação, pra facilitar:

Coeliac_Disease
Imagem obtida no Google – se souberem a autoria, por favor, me informem para que eu de os crétitos à mesma.

1) Duodeno é a primeira parte do intestino delgado, que vem logo depois do estômago. É nessa região onde aparecem as lesões da DC e é nesta mesma região que a biópsia precisa ser feita. “Ite” significa inflamação. Logo, duodeno + ite = duodenite ou inflamação do duodeno;

2) Crônica – algo que não começou agora, que já vem acontecendo há algum tempo (tempo esse que pode ser diferente de uma pessoa para outra). Logo, duodenite crônica – inflamação no duodeno que já vem acontecendo há algum tempo;

3) Inespecífica – algo que não tem especificidade, que não é exclusivo de uma única condição. Assim, duodenite crônica inespecífica significa, “inflamação no duodeno, que já vem acontecendo há algum tempo, mas que não foi possível ter certeza da causa”.

Ou seja, esse resultado pode significar DC (bem no início ou após exclusão de glúten), mas também pode estar associado a outras cusas (como giardíase, alergia alimentar, etc), que precisam ser pesquisadas pelo médico, com outros exames, ou mesmo com base nos sintomas relatados.

Anúncios

36 comentários sobre “Duodenite Crônica Inespecífica

  1. Bom dia, Dra. Juliana! Acabo de voltar da gastro (a segunda que consultei, pois a primeira mal me deixava falar) e ela me pediu uma série de exames. Eu já tinha feito a endoscopia que deu a duodenite crônica inespecífica, como a do post, a pedido da primeira gastro que consultei, mas, já não estava consumindo glúten, pois me sentia mal e ela não me orientou a voltar a consumir antes do exame… nem o IgA me pediu. Pois bem, consultei outra gastro hoje, que me pareceu bem confiável e interessada… ela me pediu, além do IgA, também o AST/ALT, ferro, ferritina, USG… ela disse que poderia retornar com todos os outros exames, mas, que o IgA só poderia ser feito após 2 meses consumindo glúten. Fiquei em dúvida em relação a esse AST/ALT… só prestei atenção agora… posso fazer esse agora, junto com os outros, mesmo estando a tanto tempo (mais de 2 meses) sem o glúten ou devo fazer junto com o IgA, daqui a dois meses?
    Agradeço muito, desde já… estou devorando seu blog, é muito esclarecedor!

    Curtir

    • Olá Paula.
      Obrigada! A AST e a ALT são enzimas do fígado que até podem estar aumentadas em celíacos sem diagnóstico, mas não é necessário estar ingerindo glúten para avalia-las, pois sua utilidade é avaliar a função hepática e não fechar diagnóstico de DC. Para diagnosticar a Doença Celíaca é necessário dosar o IgA total e o IGA antitransglutaminase porém mantendo o consumo habitual de glúten para que os resultados não negativem.
      Gde abraço, Juliana

      Curtir

  2. Nossa,dra Juliana! Que rapidez! Sou eu que agradeço muito! Fico mais tranquila, agora… tivesse encontrado seu blog antes, certamente, teria tido menos contratempos… se pudesse, iria até o RJ me consultar com você!
    Parabéns pelo trabalho e disposição de informar a todos gratuitamente! Desejo muito sucesso!
    Um beijo e muitíssimo grata!

    Curtir

  3. Bom dia, Dra Juliana. Há cerca de 6 meses que venho fazendo exames, consultas para descobrir o que tenho… Cheguei a ficar internada, sinto muito enjoo/ânsia (de não conseguir suportar), queimação no estomago, dor no peito e gosto ruim na boca. Fiz ultrassom e não deu pedra na visicula, fiz exames de sangue, de gravidez e nada. Fiz duas endoscopias, e uma biopsia, que o resultado foi o seguinte: Hernia Hiatal Incipiente e Pangastrite enantematosa Discreta (isso foi na endoscopia) na biopsia deu: Duodenite Cronica Discreta Inespecífica; e Gastrite Cronica Discreta, em mucosa de tipo corpo, não associada ao helicobacter pylori.

    O que eu queria saber Dra, se isso que eu tenho é que está causando esses sintomas?O que me incomoda muito é a ânsia de vomito. Minha próxima consulta é daqui uma semana, aonde o medico vai analisar o resultado da biopsia.

    Os remédios que estou tomando são:

    * Omeprazol
    * Dramin B6
    * Meclin 25mg
    * Valerimed
    * Pepsamar

    Estes remédios estão ajudando ou piorando a situação? Cheguei a fazer consulta com ginecologista, psiquiatra, psicologo, para ver se algo ajudava, mais não adiantou em nada.

    Agradeço a atenção.

    Curtir

    • Olá Jéssica, infelizmente não tenho como te dar uma resposta “concreta”, primeiro por não ser médica e portanto, não posso fechar diagnósticos clínicos e segundo, q somente pelos relatos, sem uma avaliação presencial, o risco de errar na avaliação é grande.
      Minha sugestão é : vá ao gastro, leve seus exames e veja o que ele vai falar. Se ele não encontrar nada que justifique seus sintomas, procure um nutricionista funcional, para a avaliação mais detalhada da sua alimentação pois pode ter relação com seus sintomas.
      Melhoras! Gde abraço, Juliana

      Curtir

  4. Boa tarde, Dr Juliana Crucinsky, a algum tempo meu sobrinho ( 6 anos) vem tendo vários problemas, de dores cólicas e a medica passou o exame da alergia a glúten, deu bem alterado foi feito abíopisia deu assim:
    .EXAMES MACROSCÓPICO: dois fragmentos irregulares medindo 0,3, cm cada, constituidos por tecido mole e esbranquiçados. (incluído todo o material)
    .Exame Micrscópico: Histolóicos mostram mucosa duodenal com atrofia parcial vilostiaria,com as vilosidades presentes exibindo relação vilo:cripta ao redor de 1:1. O numero de linfócitos intraepiteliais está discretamente aumentado (menida de 30 linfocitos para 100 enterocitos). As celulas caliceformes estão em quantidade presenrvada. A lâmina própria apresenta infiltrado linfoplasmocitario leve e escassos eosinófilos. As glândulas de Brunner estão conservadas.

    .Conclusão:DUODENITE CRONICA COM ATROFIA PARCIAL VILOSITÁRIA E LINFOCITOSE INTREPITELIAL
    .Comentarios: Os achados histologicos associados a informaçõES CLINICAS PODEM CORREPONDER A DOENÇA CELIACA, MARSH 111a
    obs: exame endoscópico normal (negativo) teste, de h.pylori

    Estamos muito preocupados,pois o histórico da família não é bom o pai dele faleceu de câncer aos 29 anos!
    Agradeço desde já!!!

    Curtir

    • Boa noite, Nayla,
      Tudo bem?
      O exame do seu sobrinho apresenta resultado compatível com Doença Celíaca (DC). A DC (que eu to sempre falando nos meus posts aqui no blog) não é exatamente uma alergia, é uma doença autoimune, na qual a ingestão de alimentos contendo glúten (trigo, aveia, centeio e cevada) faz com que o corpo produza anticorpos contra si próprio e se auto destrua. Era isso que estava acontecendo com seu sobrinho quando ele começou a passar mal e foi isso que o exame “viu”. Realmente parece assustador, mas felizmente é algo até fácil de tratar e de resolver, desde que toda a família se conscientize da necessidade de mudar a alimentação dele e de alguns ajustes na rotina de todos. A escola também precisa ser informada sobre a dieta dele, para que seja possivel fazer adequações em festinhas, atividades que envolvam alimentos, etc.
      A primeira recomendação é procurar um Nutricionista que entenda do assunto (já que nem todos aprendem sobre a condição celíaca na universidade) e para isso, vc pode dar uma olhada no site da Acelbra mais próxima da sua cidade (o site da Fenacelbra tem os links: http://www.fenacelbra.com.br ). O Nutricionista é fundamental para ajuda-los na mudança da alimentação, nas substituições e nos ajustes necessarios na rotina de vocês, mas a exclusão do glúten deve começar AGORA! Além disso, é importante saber que a dieta precisa ser bem feita por toda a vida, sem “escapulidas”, sempre pois só isso garantirá a saúde e o bem estar do seu sobrinho. Outra coisa importante é que como há um forte componente genético, os familiares necessitam fazer os mesmos exames: mães, irmãos, avós, tios, primos, pois nem sempre a DC se manifesta com sintomas muito aparentes (apesar de estar causando o mesmo dano internamente).
      A notícia boa, é que com essas mudanças na alimentação e na rotina, seu sobrinho, apesar de continuar sendo celíaco (e ele o será por toda a vida), ele será uma criança saudável, que crescerá e ganhará peso como todas as outras!
      De uma olhada nos meus outros textos aqui no blog e também no site http://www.riosemgluten.com (nesse site há varias informações, cartilhas e livros de receitas, tudo grátis, para fazer download) e se vcs tiverem acesso ao Facebook, entrem no grupo Viva Sem Glúten (https://www.facebook.com/groups/vivasemgluten/ )… é uma comunidade virtual com mais de 43 mil pessoas, entre celíacos, sensiveis ao glúten, familiares e profissionais de saúde!
      Gde abraço, Juliana

      Curtir

  5. Muito obrigado Dr Juliana, já agendamos a nutricionista uma pena não podemos nos consultar com você,VOU SEGUIR TODAS AS RECOMENDAÇÕES E LER MUITO SEU BLOG!!!!
    No começo é tudo muito assustador, mas temos a certeza que iremos cuidar muito dele é a doença célica não será um problema e sim a solução para uma vida saudável !!!
    ele é uma belezinha já pergunta se contém glúten rs
    Deus te abençoe grandemente!! é de pessoas assim que precisamos nessa provisão MARAVILHOSA!
    Abraços!!!

    Curtir

    • Bom saber que vcs já agendaram a nutricionista! Vai ser muito importante pra ele! E vc vai ver! Todos vão tirar de letra! Assusta, mas a gente dá conta.
      Muito obrigada por suas palavras! No que eu puder ajudar, meu blog está à disposição! Gde abraço!

      Curtir

  6. Olá Dra. Juliana, tenho duas doenças auto imune. Lúpus e Esclerodermia. E acabei de receber o resultado de uma endoscopia que deram alterações como, Duodenite crônica, Hiato de calibre aumentado aparentemente incompetente, gastrite enantemantosa moderada de fundo e corpo, gastrite erosiva leve de antro, bulboduodenite inespecífica.
    Fiquei muito assustada e já andei pesquisando sobre. Marquei consulta c o especialista, mas até lá vou ficar muito ansiosa e nervosa. Estou bem assustada. Não sei por onde começar.
    Obg. Viviane.

    Curtir

  7. Olá Dra. Juliana, recebi esse resultado de uma biopsia do duodeno que fiz durante uma endoscopia que fiz por sentir (as vezes) náuseas e a boca cheia de água, mas meu intestino funciona normalmente, só as vezes que fico com um pouco de senhora poderia me explicar esse laudo por favor?

    HISTOPATOLOGICO

    LAUDO DESCRITIVO

    Macroscopia:
    Recebidos em frasco único, 04 fragmentos irregulares de tecido pardo e elástico, medindo o maior 0,3 x 0,2 x 01cm. Todo o material foi submetido a exame histológico (1c/4f).

    Microscopia:
    Cortes histológicos de mucosa duodenal exibindo relação vilo: cripta preservada. O epitélio exibe discretas atipias reativas, focos de erosão e 06 (seis) linfócitos intraenterócitos em 100(cem) enterócitos avaliados. Na lâmina própria há edema, vasocongestão e discreto infiltrado inflamatório mononuclear com eosinófilos de permeio.

    CONCLUSÃO:

    Duodeno (2ª porção), biópsia endoscópica:
    – Processo inflamatório crônico discreto inespecífico

    Curtir

    • Olá, infelizmente não posso interpretar resultados de exames aqui no blog, nem comentar sobre um caso que não acompanho, e portanto, não tenho dados que sirvam de base para tais comentários. Minha sugestão é que vc leve o exame para seu médico, o quanto antes, e aproveite o momento da consulta para tirar todas as suas dúvidas sobre esse resultado.
      Gde abraço, Juliana

      Curtir

  8. Bom então pra tirar as dúvidas que mi restam. Duodenite crônica discreta com relação vilo-cripta mantida 3.1 ausência de ensino filosofia quer dizer oq? Essa é a biopsia do meu filho de 4 anos

    Curtir

    • Boa noite, Mah. Tudo bem?
      Como eu não sou médica, eu não posso dar nenhum tipo de diagnóstico e nem é essa a finalidade do blog. Pra saber exatamente o que significa esse resultado no seu filho, o médico precisa avaliar muitos fatores, pois só esse resultado, sozinho, não esclarece o caso.

      Mas tentando “traduzir” pra uma linguagem mais popular, significa que há inflamação no duodeno (duodenite) e que essa inflamação não é de agora, e um tanto antiga (crônica) e que as vilosidades estão um pouco encurtadas, já que o normal é que essa relação seja de 4:1.
      Gde abraço, Juliana

      Curtir

  9. ola dr juliana tudo bem estou somente com uma duvida se vc puder me ajudar, a 6 anos estou com tratamento de depressao todo varias medicaçoes, tenho tireoide, falta de vitamina D e B12, fiz endoscopia apareceu mesmo com um ano sem gluten deu positivo , e fiz o exame genetico de dois alelos deram positivos, minha pergunta eh, mesmo sendo celiaca, tenho que separar utensilios, pratos, panos de prato, panelas tudo desse tipo igual?

    Curtir

    • Olá Daiana, o tratamento da doença celíaca não é apenas não consumir alimentos contendo glúten. É fundamental cuidar da contaminação cruzada e se não houver nenhuma possibilidade de não entrar glúten na sua casa, é importante que você mantenha seus utensílios, pano de prato, toalhas de mesa e o tudo o que for possível separado, para diminuir os riscos de contaminação. A contaminação mantém seu intestino inflamado, aumenta os riscos de complicações e por causa da inflamação, pode dificultar o tratamento da depressão.
      Além disso, é importante que seu médico ou nutricionista prescrevam suplementação adequada para tratar a deficiencia de vitamina D e de B12, assim como é importante cuidar da tireoide.
      Aqui mesmo no blog há outros textos que explicam a respeito da contaminação cruzada e que podem te ajudar.
      Grande abraço, Juliana

      Curtir

      • muito obrigado juliana, so a contaminaçao de separaçao de utensilios ta dificil de fazer ainda e outra perguntinha o fato de darem positivos os dois alelos significa o que.? E como nao estou comendo quase nada somente ffrutas mais , e estou engordando juntamente com inchumes pode acontecer isso de engordar mesmo nao comendo quase nada isso pode ser da contaminaçao mesmo

        Curtir

      • Os dois alelos estão relacionados com a predisposição genética de ter a DC e não mudam nunca, pois é uma caracteristica genetica. Eu também tenho os dois.
        Sobre você estar engordando, as causas podem ser muitas… desde apenas inchaço por causa das contaminações frequentes, passando por alterações na tireoide ou mesmo alimentação errada. Celíacos precisam ter acompanhamento com nutricionista, para os ajustes necessarios na dieta e na suplementação. Da mesma forma que é fundamental cuidar da contaminação cruzada em todos os ambientes. Celíacos que se contaminam correm risco de complicações.

        Curtir

  10. ola , vi varos comentarios e gostaria muito de uma ajuda…descobri que tenho duodenite cronica folicular…nao sei o que é isso….fui ao gastro ele me passou ranitidina e domperidona porem so tive melhora de 30% nao sei o que fazer…vc poderia me auxiliar o que significa essa doença…sinto dores constantes…

    Curtir

    • Olá Marcella,
      Eu não sou médica, então fica complicado de avaliar.
      Vc fez outros exames pra descobrir a causa? Pesquisou doença celíaca? Doença inflamatória intestinal? Giardíase? Alergias alimentares?
      Esses medicamentos apenas diminuem os sintomas. Seria bom vc conversar com seu médico ou procurar uma segunda opinião.
      Gde abraço, Juliana.

      Curtir

    • Boa noite, Bete, é importante levar o exame para que o médico avalie e indique o tratamento, dentro do contexto do quadro. A única coisa que posso dizer é que duodenite significa inflamação do duodeno, mas infelizmente não tenho como saber a causa.
      Att, Juliana.

      Curtir

  11. Olá, tudo bem?
    Sou nova nesse mundo kkkkk Estou sentindo alguns dos sintomas e então estou fazendo exames e na minha biópsia da segunda porção do Duodeno deu “processo inflamatório crônico, leve e inativo com preservação da relação vilosidades/criptas”, o que isso quer dizer?
    Vou levar para meu médico, claro, mas estou curiosa kkkk.
    Muito obrigada e já li vários posts sobre o assunto!

    Curtir

  12. Boa tarde Juliana, pode me tirar uma dívida sobre o tema, você diz que uma alergia pode alterar a segunda porção do duodeno? que tipo de alergia? uma intolerância a lactose pode também? li na literatura que apenas um parasita poderia alterar as vilosidades, digo isto pois, tenho intolerância a lactose e laudo de biopia sugestivo para a doença celiaca e exames de sangue negativos.
    Obrigado.

    Curtir

    • Olá Leandro. Por exemplo, alergia às proteínas do leite pode causar inflamação na mucosa, mas não a intolerância à lactose. Na verdade, a IL acaba sendo uma consequência das alterações na mucosa duodenal e não a causa delas. A giárdia, um parasita bem pequeno que se aloja no duodeno tb pode causar alterações na mucosa.
      Para o diagnóstico da doença celíaca, o padrão ouro é a biópsia de duodeno, antes da exclusão de glúten e por isso é importante que o médico avalie outros fatores que podem causar confusão.

      Curtir

  13. Ai doutora esqueci .na EDA deu hpylori. Mas na biopsia deu o comentário que deixei acima. Estou un pouco ansiosa que eu Consulto é no hospital das clínicas e minha consulta é só em julho

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s